Uma Estrutura para o Crescimento Pessoal

Nesta Atividade, aprenderá a dominar o processo de desenvolvimento das suas aptidões, identidade e perceção para alcançar o seu potencial máximo, tanto a nível pessoal como no seu trabalho.

Desenvolvi um modelo de desenvolvimento pessoal para o crescimento pessoal que pode aplicar tanto na vida quanto nos negócios.

Os três pilares que formam a espinha dorsal dessa estrutura são:

  1. A sua relevância
  2. Dominar a mentalidade
  3. Visão e Propósito

A sua relevância

O que torna a sua vida relevante? Simon Sinek mostra-nos nesta TED Talk que o que o torna um líder de sucesso não é o que você faz, mas o motivo pelo qual o faz:

Há duas coisas que deve ter em mente ao refletir sobre a questão:

  1. A sua identidade – quem você é e as coisas que são importantes para si
  2. Desenvolver clareza em torno do contexto – quais os seus talentos e paixões

Uma coisa é descobrir o que é importante para si, mas outra é desenvolver talentos que se relacionem de forma significativa com aquilo por que se interessa. Se não existir uma relação entre ambos, o seu talento não é um talento aplicado – é um talento adormecido.

Vivemos num contexto em evolução, que se vai complexificado a cada dia que passa. Estamos constantemente a esforçar-nos para nos tornarmos melhores e mais rápidos naquilo que fazemos. Como pegar nos seus talentos e aplicá-los ao contexto é agora mais relevante do que nunca.

Dominar a mentalidade

Tornar-se consciente do seu comportamento dar-lhe-á uma visão direta da sua mentalidade e de como poderá vir a exercer domínio sobre ela. O comportamento não é a única pista sobre o tipo de mentalidade que mantém; significativas são também coisas como:

  • A sua atitude – que inclui o seu temperamento e como os seus pensamentos e sentimentos moldam a sua resposta em determinadas situações. O seu temperamento é em parte determinado pela sua personalidade, enquanto os seus pensamentos e sentimentos são influenciados pelo seu estado de consciência.
  • A capacidade de curar a dor do passado – patologia e sombra. A dor que é suprimida, aquela a que resiste ou que projeta faz com que a sombra fragmente a sua identidade. Os sentimentos que surgem como resultado de experiências passadas dolorosas, que não foram devidamente integradas ou sentidas, muitas vezes transformam-se em sombras. No trabalho básico que Ken Wilber faz com a sombra, ele descreve como integrar a sombra, enfrentando-a, conversando com ela e, depois, transformando-se nela
  • Desenvolvimento de aptidões – que inclui praticar e refinar capacidades interpessoais e negociais através de uma mentalidade de crescimento (mais sobre o assunto mais à frente no programa). Uma parte fundamental do desenvolvimento de aptidões inclui identificar em que é que é bom (talentos) e alinhá-lo com as suas paixões e interesses, ao mesmo tempo que trabalha consistentemente para aprimorar as suas aptidões através de uma prática deliberada.

Outras componentes-chave do trabalho sobre a mentalidade incluem questionar o modo como as suas crenças, ideologias e pressupostos moldam o seu contexto.

Por exemplo: Se está zangado, mas não tem consciência do que está a sentir (tensão baseada no medo), os seus pensamentos e comportamentos são moldados pela crença de que há algo errado. Por outro lado, se está consciente do que sente e se permite senti-lo por completo, poderá dissolvê-lo. Isto é algo que lhe dará mais clareza, foco e influência sobre os seus resultados.

A mentalidade trabalha para dissolver as premissas fundamentais que limitam o seu crescimento pessoal, tais como o medo e a crença de que algo está “errado”. Em vez de reforçar narrativas limitantes, uma mentalidade saudável permitir-lhe-á ligar-se mais facilmente à sua visão e propósito.

Visão e propósito

Ter uma visão poderosa permitir-lhe-á relaxar qualquer tensão que possa ter e ensinar-lhe-á a usar a sua intuição para penetrar no domínio das possibilidades.

Se tem uma visão convincente, examine os seus fundamentos. Sintoniza-se a essa visão, ao considerar os seus objetivos, estratégias, produtos e pessoas? Imagine que segura levemente os seus talentos numa mão – como poderá formatar e moldar esses talentos em algo mais sintonizado com a sua visão?

A sua visão e o seu propósito são recursos valiosos para desenvolver uma filosofia coerente para a sua vida e carreira. A sua visão também poderá ajudá-lo a ligar os pontos entre muitos fragmentos desarticulados na sua vida. Para exemplificar: considere uma citação de Terence McKenna: “O caminho da complexidade para os seus objetivos passa por relacionar as coisas”. Ele sugere que, quando tudo se desfaz, há pouco foco, o que faz com que tudo pareça complexo.

No domínio da mentalidade, será capaz de dissolver qualquer disfunção neste processo de realinhamento, sintonizando-se intuitivamente com a sua visão de futuro. Isto requer uma compreensão abrangente do contexto – algo que o trará de volta ao tópico da relevância.